Melhores produtos para vender Online – 36 Ideias.

Na era digital atual, a venda de produtos on-line tornou-se uma forma lucrativa e conveniente de ganhar dinheiro para as pessoas.

Com o advento das plataformas de comércio eletrônico, nunca foi tão fácil começar sua própria loja on-line. De fato, mais de 700 novas lojas on-line são criadas todos os dias.

Nesta publicação do blog, exploraremos as respostas a essas perguntas e forneceremos a você 36 ideias comprovadas de produtos que atualmente são bem-sucedidos na geração de receita por meio de vendas on-line.

Quer você seja um empreendedor experiente ou esteja apenas começando, continue lendo para descobrir como você pode explorar esse setor em expansão e obter sucesso vendendo produtos na Internet.

 

O que vender para ganhar dinheiro?

Se você está pensando em abrir um negócio online, escolher qual nicho de atuação seguir pode ser uma tarefa desafiadora.

É fundamental encontrar uma área em que haja demanda e a possibilidade de lucro. Avaliar a rentabilidade do segmento é essencial para garantir o retorno do investimento realizado. Confira abaixo alguns produtos e serviços:

1. Itens que você não usa mais

Se você está precisando de uma grana extra e não sabe por onde começar, aqui vai uma dica valiosa: revenda na internet os produtos que você tem em casa e não usa mais.

Isso mesmo! Aquela roupa, acessório, eletrônico ou objeto decorativo que você não dá mais valor, pode ser a solução para alguém que está procurando exatamente o que você tem.

Então, dê uma olhada em seus pertences e separe o que pode ser vendido. As opções são inúmeras: redes sociais, sites específicos para vendas, grupos de WhatsApp.

2. Doces e salgados

Com o avanço dos grupos de venda no Facebook, ficou mais fácil vender pela internet diversos tipos de produtos, inclusive doces e salgados caseiros.

Se você tem habilidade na cozinha e um doce ou salgado elogiado pela família, não é difícil começar a vender.

Os lucros são atrativos, já que os ingredientes rendem bastante e há uma grande variedade de produtos com potencial para lucro.

Entre os mais procurados estão:

  • bolos tradicionais ou para festas;
  • bolos de pote;
  • trufas;
  • bombons recheados;
  • cupcakes;
  • ovo de colher;
  • salgados fritos;
  • pizza em cone.

É importante ficar atento ao calcular os gastos e criar uma planilha para controle dos ingredientes, quantidades, tamanhos e preços, assim é possível ter melhores chances de vender o produto com uma margem de lucro melhor.

Ficar atento a sazonalidade também é sempre recomendado. Não perca mais tempo, comece a preparar seus doces e salgados e venda pela internet com sucesso.

3. Produtos da China

Se você está buscando opções para revender produtos na internet, uma boa ideia é procurar sites chineses que oferecem preços baixos. Existem diversos produtos interessantes para vender, como:

  • relógios e smartwatches;
  • pulseiras inteligentes;
  • mini eletrônicos conectados ao USB do computador;
  • produtos para pets;
  • roupas;
  • acessórios;
  • itens para casa.

É importante estar ciente dos desafios logísticos que podem surgir ao importar esses produtos. Muitas vezes, a entrega pode demorar mais de três meses para chegar no Brasil, o que requer paciência e planejamento adequado.

É preciso avaliar questões tributárias e aduaneiras, já que há uma taxa mínima para qualquer tipo de importação no valor de R$ 15 reais.

É fundamental entender e estar preparado para lidar com esses aspectos antes de iniciar as vendas.

Apesar dos desafios, com um bom planejamento e pesquisa, é possível ter sucesso ao comercializar produtos chineses.

É importante criar uma estratégia de marketing eficaz, construir uma reputação sólida e oferecer um excelente serviço ao cliente.

4. Marmitas fit e comidas saudáveis

Nos dias de hoje, cada vez mais pessoas estão em busca de opções saudáveis para se alimentar. É possível ainda produzir em casa essas opções e ainda lucrar com isso.

Uma ideia interessante é criar pacotes de marmitas fit, oferecendo praticidade e saúde para quem não tem tempo de cozinhar. Há uma grande demanda por marmitas:

  • veganas;
  • vegetarianas;
  • lowcarbs;
  • fitness congeladas.

Ao produzir em larga escala, é possível reduzir custos e tornar o negócio ainda mais rentável. Invista em saúde e bem-estar e faça sucesso produzindo comida saudável em casa!

5. Camisetas personalizadas

Se você está pensando em começar um negócio online, camisetas personalizadas podem ser uma excelente opção.

Com diversos temas interessantes para explorar, como filmes, séries, esportes ou carros, este mercado oferece boas oportunidades para gerar renda extra ou até mesmo viver dela.

Para ter sucesso nesse empreendimento, você precisa ter cuidado com alguns pontos fundamentais, como:

  • A originalidade das ideias;
  • A qualidade dos designers;
  • A transferência adequada das imagens para a malha;
  • O uso de materiais de qualidade.

Investir em uma prensa térmica pode ser a melhor opção, mas, se esse investimento não estiver ao seu alcance neste momento, você pode contar com fornecedores de confiança que podem lhe ajudar na produção das camisetas personalizadas.

Com um pouco de planejamento e dedicação, você pode criar um negócio de camisetas personalizadas que surpreenda seus clientes.

Foque na qualidade, originalidade e excelência no atendimento. Dessa forma, você estará no caminho certo para conquistar sucesso nesse mercado competitivo.

6. Artesanatos

Se você é habilidoso em trabalhos manuais, como crochê ou bordado, pode ser a hora de transformar essa habilidade em um negócio lucrativo.

A venda de artesanatos na internet está se tornando cada vez mais popular e é uma maneira fácil de começar seu próprio empreendimento online e ganhar dinheiro extra.

Há uma diversidade de produtos que podem ser produzidos artesanalmente e vendidos na internet, incluindo:

  • bordados feitos à mão;
  • artigos em EVA;
  • peças de madeira ou MDF;
  • itens de decoração.

Para que a sua produção alcance um público fiel, é essencial utilizar matérias-primas de qualidade e garantir que seus produtos sejam duráveis.

Ao investir em seu negócio de artesanato, é importante adicionar um toque especial e diferenciado aos seus produtos.

Isso pode ser feito por meio de técnicas exclusivas de design, escolha de cores vibrantes ou até mesmo pela personalização de itens de acordo com as preferências dos clientes. Dessa forma, você poderá criar peças únicas e exclusivas.

7. Bijuterias, joias e semijoias

Se você está procurando por um produto para vender na internet, as semijoias e bijuterias podem ser boas opções.

Com uma demanda constante, esses itens são fáceis de encontrar e podem ser revendidos de diversas formas, como em sua própria loja virtual, em marketplaces, pessoalmente e até mesmo em grupos do Facebook.

É importante pesquisar bem antes de escolher um fornecedor e definir o mix de produtos que será vendido.

Lembre-se que a margem de lucro nesse mercado não é muito alta, então comprar por um preço justo é essencial para obter sucesso em suas vendas.

Com dedicação e estratégia, é possível obter bons resultados nessa área, conquistando uma base sólida de clientes e construindo um negócio próspero.

Aproveite essa oportunidade de empreender e encontrar sucesso no mercado de semijoias e bijuterias!

8. Canecas personalizadas

A estamparia de canecas é um nicho de mercado incrível. Trabalhar com vários temas, como desenhos animados, formaturas, aniversários, cinemas, entre outros, pode render um bom dinheiro.

É preciso estar preparado e ter conhecimento em técnicas de estampagem, criação de designs, além de fazer um investimento inicial, como:

  • compra de canecas;
  • computadores;
  • impressoras;
  • embalagens;
  • máquinas.

Você pode fechar parcerias com fornecedores que providenciam os itens e também fazem o trabalho de impressão.

Seu papel será gerenciar sua loja, enviar os desenhos e contratar uma transportadora. Uma outra opção é investir em datas sazonais, como Natal, criando lindas bolinhas de árvore de natal personalizadas.

9. Itens de papelaria e convites personalizados

A papelaria personalizada é uma excelente opção para quem busca renda extra ou está em busca de um novo negócio.

Com a pandemia, muitas famílias optaram por fazer festas em casa e contrataram serviços de papelaria personalizada pela internet.

Além de convites personalizados para eventos, é possível criar diversos itens exclusivos, como:

  • topos de bolo personalizados;
  • tags personalizadas para docinhos;
  • bandeirolas temáticas;
  • kits completos para festas, que incluem desde os convites até os enfeites e lembrancinhas.

Saiba que também é possível oferecer serviços de produção de blocos de anotações personalizados, planners e diversos outros produtos sob medida.

Para se destacar nesse mercado tão promissor, é importante investir em cursos de caligrafia artística e de design gráfico, aprimorando as habilidades e garantindo um produto de qualidade superior.

Também é fundamental dominar ferramentas como CorelDRAW, Photoshop e PageMaker, que permitem criar designs autênticos e atraentes.

10. Sabonetes e shampoos artesanais

Com a crescente preocupação com a sustentabilidade e a maior adesão a movimentos como o minimalismo e veganismo, muitas pessoas têm optado por produtos de higiene pessoal mais naturais e menos industrializados.

Isso tem criado um mercado competitivo, mas que ainda se mostra uma boa opção para quem deseja iniciar um negócio online.

É importante investir em cursos, como saboaria e aromaterapia, para garantir a qualidade dos produtos e até personalizar de acordo com as necessidades dos clientes.

E para divulgar a loja virtual, as redes sociais devem ser utilizadas como aliadas, principalmente em grupos e páginas voltados para esses temas.

Com dedicação, estratégia e um bom planejamento, é possível conquistar muitos clientes em potencial e tornar a marca reconhecida como referência nesse mercado em constante crescimento.

Aproveite essa oportunidade para fazer a diferença, oferecendo produtos que não apenas cuidam da higiene pessoal, mas também contribuem para um estilo de vida mais consciente e sustentável.

11. Acessórios pet

O segmento pet é um dos que mais crescem, com muitas famílias investindo além das necessidades básicas dos seus animais de estimação.

Está em constante expansão a venda de:

  • roupas;
  • acessórios estéticos;
  • biscoitos diferentes;
  • camas e cobertas específicas;
  • produtos de higiene e beleza.

Se você procurar por uma dica do que vender e ter mais chances de sucesso em um negócio online, esse é um nicho em constante crescimento e que pode gerar um retorno significativo.

Não deixe de aproveitar essa tendência, investir em produtos exclusivos e personalizados para animais de estimação e consolide seu empreendimento.

12. Produtos digitais e cursos online

Todos tem algumas habilidades e conhecimentos em algo. E a internet tem permitido cada vez mais que essas habilidades sejam compartilhadas e monetizadas através de cursos online.

Se você tem familiaridade com culinária, música, artesanato, idiomas ou administração, contabilidade, marketing e outras áreas, pode oferecer cursos online e gerar renda.

E a grande vantagem é que você pode oferecer diversos níveis de curso, garantindo que os consumidores mantenham-se ativos e adquirindo conhecimento através de você.

Claro, é preciso investir no desenvolvimento do material inicialmente, como uma câmera de qualidade, iluminação, roteiro e conteúdo.

Mas uma vez produzido, o material continuará disponível e trazendo lucro. Isso significa que enquanto um curso já disponibilizado estiver dando retorno, você terá tempo e recursos para investir em outros infoprodutos, garantindo a manutenção do negócio.

13. Brindes personalizados

Com o mercado de brindes, você entrará em um segmento totalmente diferente do universo das camisetas.

O foco estará na venda B2B, ou seja, seus clientes serão outras empresas em busca de produtos para presentear e fidelizar clientes ou colaboradores.

É certo que a concorrência é alta, mas o ticket médio da categoria é bastante atraente devido às grandes quantidades de produtos adquiridos pelas empresas.

14. Acessórios para o público masculino

É inegável que os tempos mudaram e a preocupação com a aparência e saúde deixou de ser exclusivamente feminina.

O público masculino está cada vez mais interessado em se cuidar e, com isso, investe cada vez mais em acessórios de moda.

São joias, relógios, óculos, carteiras e muitos outros itens que compõem um visual elegante e refinado.

E para os empreendedores que ainda pensam que a moda é um universo voltado apenas para mulheres, é hora de abrir os olhos..

15. Livros digitais – E-Books

Com os avanços na tecnologia e a popularidade dos e-books, agora é mais fácil do que nunca escrever e publicar seu próprio livro.

Como o grande mercado de consumidores de e-books está sempre à procura de novos títulos, isso significa que há uma grande oportunidade para autores aspirantes.

E se você precisa de ajuda para publicar seu livro, há até mesmo sites que podem te auxiliar e ajudar a vender seus e-books, como a Amazon. Invista no seu sonho e publique o seu livro.

16. Quadros e pôsteres personalizados

Com a alta demanda por peças únicas e personalizadas, o investimento geral é baixo e os lucros são significativos.

Se você já tem conhecimento para fazer a arte sozinho, os custos podem ser ainda menores.

Com um pouco de criatividade e habilidades básicas em design gráfico, você pode criar peças que vão encantar seus clientes.

17. Aplicativos de celular

Com a popularização dos smartphones, a oferta de aplicativos aumentou significativamente ao longo dos anos, e com isso, a demanda dos usuários também cresceu de forma exponencial.

Seja para jogar, se comunicar, planejar tarefas ou até mesmo encontrar o amor da sua vida, há um aplicativo para cada necessidade.

18. Smartphones seminovos

Com o aumento no valor dos aparelhos top de linha, muitos consumidores têm optado por adquirir modelos seminovos.

E se você é alguém que possui experiência no ramo, pode muito bem abrir sua própria loja para revenda desses aparelhos.

É uma oportunidade para se destacar em um mercado em ascensão e ainda oferecer aos compradores opções mais acessíveis.

19. Computadores e acessórios gamers

Com a crescente popularidade dos e-sports, o mercado de computadores e acessórios gamers tem se expandido exponencialmente.

E não é difícil entender o porquê: jogadores de todas as partes do mundo têm investido em máquinas de alta qualidade e equipamentos especializados para melhorar sua performance em jogos online.

20. Produtos geek

Ser Geek já foi um movimento cultural de nicho, mas hoje em dia, essa comunidade é parte do mainstream.

Os filmes de super-heróis têm levado milhões de pessoas aos cinemas ao redor do mundo, tornando-se um dos gêneros mais lucrativos da indústria do entretenimento.

Com esse sucesso, as oportunidades são infinitas e você pode investir em vários tipos de produtos, como almofadas, action figures, mochilas, camisas, eletrônicos e até mesmo acessórios de decoração para casa e escritório.

21. Home garden e paisagismo

O setor de Home garden e paisagismo tem crescido consideravelmente nos últimos tempos graças aos novos produtos que foram lançados no mercado.

Não é incomum encontrar pessoas que tenham seus próprios jardins ou hortas em casa, apartamento ou até mesmo em pequenos espaços.

Se você está procurando investir nesse mercado, saiba que existem diversas opções de produtos como vasos, luvas, regadores, pás e sementes disponíveis no mercado.

22. Acessórios por nicho

A venda de acessórios é uma opção muito comum entre as lojas, devido ao grande potencial de consumidores que esse tipo de produto atrai.

Para obter sucesso nesse ramo, é importante escolher cuidadosamente quais itens comercializar, levando em consideração as necessidades e preferências do público-alvo pretendido.

  • A venda de bonés é uma excelente escolha, pois esse acessório atrai tanto o público masculino quanto o feminino interessado em adicionar um toque estiloso aos seus looks.
  • Os relógios são também recomendados. A variedade de opções, desde modelos sociais elegantes até relógios esportivos e clássicos, atrai um público mais diversificado.
  • Os óculos se destacam pela qualidade e variedade das marcas disponíveis. Esses acessórios são atrativos para consumidores que são verdadeiros fãs de óculos e desejam ter opções que combinem com seu estilo e personalidade.

A venda de acessórios é uma estratégia vantajosa para lojas, pois permite explorar essa área com mais conhecimento e propriedade.

23. Produtos de informática

Investir na venda de itens de informática pode ser uma excelente oportunidade de negócio.

Se você entender de tecnologia e souber identificar as necessidades dos seus clientes, pode se destacar no mercado e conquistar uma clientela fiel.

A venda de cartões de memória, mouses, teclados, processadores, HDs e muitos outros itens pode ser uma ótima estratégia para quem deseja empreender com sucesso no ramo de tecnologia.

24. Ecobags

A sustentabilidade tem sido uma preocupação crescente nos dias de hoje e, por isso, é comum que os consumidores busquem por produtos que abracem essa ideia.

E dentre os itens que podem ser vendidos para esse nicho, as ecobags se destacam como uma excelente opção. Além de serem modernas e estilosas, muitas das ecobags disponíveis no mercado carregam a personalidade do seu dono.

Com diversas opções de materiais e preços, é possível confeccioná-las sob encomenda para atender às necessidades específicas dos clientes.

Trabalhar com esse tipo de produto pode ser uma ótima oportunidade de negócio e faturar de acordo com a complexidade de cada pedido.

A sustentabilidade é uma tendência que veio para ficar, e oferecer produtos que estejam alinhados a essa preocupação é uma maneira inteligente de conquistar clientes conscientes e preocupados com o meio ambiente.

Aproveite essa oportunidade de negócio e fature de acordo com a complexidade de cada pedido.

25. Itens de decoração e festas

Com o fim da pandemia, as pessoas estão ansiosas para se reunir e celebrar seus momentos especiais com familiares e amigos.

É nesse momento que as vendas de itens de festa e decoração podem ser uma ótima ideia de negócio para você investir.

Personalize pratos, talheres e copos, para oferecer aos seus clientes algo diferente e exclusivo.

Também ofereça balões e arranjos personalizados com o nome do aniversariante. Isso certamente chamará a atenção do público e tornará sua loja ainda mais atraente.

Não se esqueça de disponibilizar vários kits de opções para que o cliente possa escolher o que mais lhe agrada.

Com essas estratégias, sua empresa tem grandes chances de obter um grande sucesso nesse mercado promissor e ajudar as pessoas a tornarem seus momentos especiais ainda mais memoráveis.

Aproveite essa oportunidade e seja a referência quando o assunto for festas e celebrações!

26. Artigos de limpeza

Muitas vezes, damos pouco valor a coisas essenciais para o dia a dia, e os artigos de limpeza não escapam dessa lista.

Ofereça aos seus clientes uma variedade de opções, desde mops e aspiradores de pó até produtos próprios de limpeza diversos.

27. Velas aromatizadas

As velas aromatizadas surgem como uma escolha popular para quem busca unir estilo e comodidade em casa.

Com um aroma agradável e acolhedor, esses itens criam um clima único de relaxamento e bem-estar.

Mas é importante lembrar que produzir velas aromatizadas é um trabalho que exige criatividade e técnica apurada. Investir em matéria-prima de qualidade é essencial.

28. Venda de Calçados online

Os calçados se tornaram acessórios essenciais para quem quer estar por dentro das tendências de moda.

Não importa se você prefere um modelo casual ou mais sofisticado, seja para trabalho ou para sair com os amigos, sempre há um calçado perfeito para cada ocasião.

Independentemente do perfil do seu público, investir na venda de calçados é sempre uma ótima escolha de negócio.

29. Itens de bebê

A venda de itens de bebê é um assunto muito importante.

São tantas opções disponíveis, desde itens de higiene até produtos maiores, tecidos macios, estampas fofas e detalhes encantadores fazem com que as roupinhas para bebês sejam muito bem-vindas para quem está iniciando a vida à pouco tempo.

30. Perfumes

Se você está em busca de uma ideia de negócio para investir na internet, a venda de perfumes pode ser uma excelente opção.

O público-alvo desse segmento é bastante diversificado, o que significa mais possibilidades de vendas.

E para garantir ainda mais sucesso, franquias são uma boa escolha, já que existem diversas marcas consolidadas no Brasil, o que pode facilitar a revenda.

Criar sua própria marca de perfumes pode ser atraente, mas o investimento necessário pode ser bastante alto.

31. Produtos para o cabelo

Produtos para o cabelo já se tornaram uma necessidade universal. Embora sejam utilizados por todos, são mais comuns entre as mulheres.

Há uma infinidade deles disponíveis no mercado: shampoos, condicionadores, cremes hidratantes, tinturas, reparadores de pontas, protetores térmicos e muitos outros.

Para se destacar no mercado, é importante escolher um fornecedor que atenda às suas necessidades e expectativas.

A dica é escolher um fornecedor que permita a compra em pequenas quantidades inicialmente, a fim de conhecer melhor as necessidades dos seus clientes.

Fique sempre atento às tendências e ofereça opções de qualidade que farão sucesso em sua loja.

32. Tapetes

Se você está considerando vender tapetes, o primeiro passo é escolher cuidadosamente o tipo de produto que estará em sua loja.

Com tantas opções disponíveis, é crucial escolher um tapete que tenha uma alta demanda baseada no seu público-alvo.

Para isso, é essencial estudar o mercado e criar um plano de negócios sólido que leve em consideração o funcionamento do estoque.

Não deixe de investir tempo e esforço na escolha dos seus produtos, pois isso garantirá o sucesso do seu negócio de venda de tapetes.

33. Quadros para decoração

O mercado de decoração no Brasil tem apresentado um crescimento considerável nos últimos anos, segundo o Instituto de Inteligência de Mercado.

Em 2020, o segmento teve um aumento de 4,65% e esse número tende a crescer ainda mais nos próximos anos. Com essa expansão, as lojas virtuais especializadas em decoração também têm proliferado no cenário digital.

Se você deseja investir em quadros para vender online, é importante estar sempre atento às novidades e tendências do mercado.

34. Garrafas de água

As garrafas de água reutilizáveis são uma opção popular, e de acordo com o site Fast Company, o mercado de garrafas de aço inoxidável movimenta em média 100 milhões de dólares.

Se você está pensando em abrir um e-commerce especializado nesse produto, é importante realizar uma pesquisa de mercado para entender qual produto está em alta e onde vale a pena investir.

Lembre-se, pequenas mudanças podem ter grande impacto na preservação do meio ambiente, e você pode fazer parte dessa mudança vendendo garrafas de água reutilizáveis.

35. Óculos de grau

Com o aumento da exposição às telas de computadores, tablets e smartphones, é comum que as pessoas percebam dificuldades na visão. A procura por óculos de grau tem crescido, principalmente na internet.

Embora essa não seja uma notícia positiva, para os donos das óticas esse aumento nas vendas é uma boa oportunidade de negócio.

Inclusive, a Chilli Beans, empresa renomada no ramo de óculos de sol, já percebeu essa demanda e ampliou seu catálogo para incluir lentes corretivas, que hoje representam 10% de sua receita.

36. Relógios

Os acessórios de moda estão sempre em alta, mas um item que nunca perde o seu espaço é o relógio.

É verdade que, em uma época onde o celular se tornou o cronômetro pessoal, muitos podem pensar que o relógio não é mais tão útil.

Mesmo assim, esse pequeno acessório se mantém firme e forte graças ao seu charme e sua versatilidade.

Não importa se o momento pede um look formal ou descontraído, um belo relógio sempre será um complemento perfeito.

Itens para home office

Com a mudança dos tempos, cada vez mais pessoas estão trabalhando em casa. Vender produtos para home office contribui para o bem-estar e qualidade de vida dos trabalhadores.

Cadeiras ergonômicas, microfones, equipamentos para fazer reuniões e demais itens são apenas algumas opções para se destacar no mercado.

Produtos regionais

Imagine ter acesso a produtos exclusivos de uma determinada região e poder levá-los aos seus clientes.

Vender produtos típicos, que vão desde artesanatos até elementos da culinária local pode ser um nicho de mercado muito interessante para explorar.

Com muitos empreendedores apostando em produtos como queijo, cachaça, pequi, camarão seco e geleia, você pode aproveitar a oportunidade e se destacar.

Ao encontrar bons fornecedores e trazer produtos autênticos, você pode criar um ambiente atrativo e elegante, e assim, montar uma loja muito lucrativa.

É importante lembrar que é necessário ter um bom ponto de venda e volume de vendas para ter sucesso nesse ramo.

 

Por que investir no e-commerce?

Para quem pensa em investir em um e-commerce, é fundamental conhecer o panorama do setor no Brasil.

É importante saber o potencial de crescimento dessa área e entender as características do consumidor que contribuem para o sucesso dessas transações.

Os números não mentem e mostram claramente que esse mercado está em constante expansão. Segundo a NielsenIQ Ebit, o faturamento do e-commerce brasileiro chegou a incríveis R$ 262,7 bilhões no ano de 2022.

Essa alta de 1,6% em relação ao ano anterior representa um recorde para o setor. Se você considera investir nessa área, mantenha-se atento às oportunidades do mercado e prepare-se para fazer parte desse crescente segmento.

Mais de 700 lojas online criadas diariamente

Durante a pandemia, o mercado online no Brasil experimentou um crescimento exponencial, impulsionado pelo aumento significativo no número de lojas virtuais criadas.

Segundo uma pesquisa do PayPal Brasil, entre julho de 2020 e julho de 2021, foram criados impressionantes 288 mil novos e-commerces, o que representa uma média de mais de 780 lojas por dia.

Esse cenário promissor tem despertado o interesse de muitos profissionais, que estão considerando investir nesse segmento como uma forma de complementar a renda ou até mesmo como uma oportunidade para mudar de carreira.

Se você se identifica com esse perfil e está pensando em embarcar nessa jornada, é importante conhecer algumas dicas e ideias sobre o que vender para ganhar dinheiro na internet.

O mercado online oferece um leque de possibilidades para empreendedores em busca de sucesso e independência financeira.

Como escolher um nicho de atuação para vender online?

O primeiro passo para empreender em um segmento é seguir suas afinidades, experiências e conhecimentos.

Dessa forma, as ideias surgem e se torna possível ganhar dinheiro. A realização de uma pesquisa de mercado é fundamental para o sucesso do negócio. É imprescindível:

  • analisar a concorrência;
  • avaliar fornecedores confiáveis;
  • estudar o público-alvo.

Empreendedores devem ter em mente que trabalhar com mercados de massa pode ser difícil, uma vez que a concorrência já está estabelecida e possuem mais experiência no comércio eletrônico.

É importante desenvolver estratégias pensando em diferenciais que possam atrair ainda mais os consumidores.

Com tantas opções no mercado, a competição pode ser acirrada para aqueles que tentam se destacar em áreas muito amplas.

Se você está pensando em empreender na web, deve saber que alguns nichos são mais promissores do que outros. Confira agora uma lista para ajudá-lo a começar de forma competitiva.

Confira os nichos que estão em alta em 2024

Descubra como ser bem-sucedido desde o início e defina o que você pode vender para ganhar dinheiro na internet.

Confira agora os nichos que estão em alta esse ano e veja qual você mais se identifica:

1.Moda e acessórios

O mercado de vestuário, calçados e moda fitness é um dos que mais crescem nas vendas pela internet.

Foi-se o tempo em que o consumidor não se sentia à vontade para comprar roupa online. Uma pesquisa recente revelou que mesmo durante a pandemia, o setor de moda segue líder absoluto em vendas no e-commerce do Brasil.

As variações de tamanhos, tecidos e formatos muitas vezes fazem os clientes preferirem vestir antes de comprar, mas essa já não é mais uma barreira.

E o melhor: há espaço para nichos mais específicos, como vestuário infantil, roupas sociais, bonés e calçados para idosos.

A moda é uma indústria em constante evolução, sempre em busca de novas tendências e estilos.

Isso significa que há sempre oportunidades para inovação e criação de novas marcas e produtos.

Com a crescente preocupação com a saúde e o bem-estar, a moda fitness também tem ganhado destaque, oferecendo peças confortáveis e estilosas para quem busca praticar atividades físicas.

2. Artigos esportivos

Se você está buscando um mercado com alta demanda e potencial de lucratividade, o nicho de artigos esportivos pode ser uma ótima escolha.

A popularidade dos clubes esportivos, não apenas de futebol, mas também de basquete e futebol americano, faz com que as roupas oficiais dos times sejam entre os produtos mais vendidos nesse setor.

A grande quantidade de pessoas que praticam esportes, tanto profissionalmente quanto como hobby, fazem do mercado de equipamentos e suplementos alimentares um nicho muito promissor.

Há também oportunidades segmentadas, como a venda de materiais para artes marciais e camisas retrô de clubes.

Com tantas possibilidades e segmentos a serem explorados, investir e crescer nesse mercado próximo ao da moda pode ser extremamente gratificante e lucrativo.

A chave para o sucesso é entender as necessidades e preferências dos consumidores, oferecendo produtos de alta qualidade, variedade e um excelente atendimento ao cliente.

3. Acessórios automotivos

Mesmo em meio à pandemia, as vendas de acessórios automotivos estão em ascensão, como mostrou um levantamento realizado pelo Grupo Via Varejo durante a Black Friday de 2020.

A categoria de peças automotivas teve um aumento de 186% dentro dos marketplaces, tornando-se a segunda maior alta, ficando atrás apenas de esporte e lazer, que registrou um crescimento de 263%.

Com esse cenário, é possível afirmar que essa tendência de compra deve se manter ainda por alguns anos, até que a venda de novos veículos cresça novamente.

Para quem está interessado em empreender nesse segmento, é possível se especializar em acessórios para uma determinada marca ou em peças para oficinas, para caminhões, motos e muitas outras opções.

Invista nesse mercado promissor e comece já a colher frutos dessa promissora indústria automotiva.

4. Casa e decoração

Nos últimos tempos, uma expressão ganhou destaque e se tornou quase um mantra: “faça você mesmo”.

Com a mudança do cenário global, muitos de nós nos vimos passando mais tempo em casa, trabalhando remotamente e buscando formas de tornar os espaços mais agradáveis e funcionais.

Esse novo estilo de vida gerou uma demanda crescente por reformas e decoração, impulsionando o setor de móveis e decoração a alcançar um aumento significativo nas vendas online.

Se você é um vendedor de itens para casa e decoração, é fundamental aproveitar essa tendência e caprichar nas fotos de seus produtos.

Mostre os detalhes dos acabamentos, as peças em uso, e inspire seus clientes a transformarem seus espaços em verdadeiros refúgios aconchegantes e elegantes.

Explore diferentes estilos, materiais e cores. Adicione elementos que tragam conforto, como almofadas macias e mantas quentes.

Crie um ambiente que seja um reflexo de quem você é e que transmita uma sensação de acolhimento.

5. Games

Se você está procurando um nicho fiel à sua marca, os compradores de games são uma excelente opção.

Este mercado está em constante movimento, sempre ansioso por novos lançamentos de consoles e jogos.

Para conquistar esse público exigente, é fundamental investir em descrições detalhadas dos jogos, fornecendo muitas imagens e vídeos.

6. Cultura pop

O universo da cultura pop vem ganhando cada vez mais espaço na indústria de consumo e as empresas já perceberam isso.

Englobando músicas, filmes, séries, jogos e quadrinhos, o segmento é bastante consumido pelo público jovem.

Os produtos mais comercializados são roupas, canecas, capas de celular e itens personalizáveis.

7. Beleza e alimentação saudável

A indústria da beleza pessoal é um mercado que raramente sofre queda, mas ultimamente, a área de alimentação saudável está crescendo rapidamente, principalmente entre aqueles que procuram uma melhor qualidade de vida.

Como a alimentação saudável está ligada à estética, os cosméticos, perfumes e outros produtos de beleza natural estão cada vez mais em busca.

Com um mercado em expansão e uma grande base de consumidores, torna-se interessante investir em nichos mais direcionados, como alimentos orgânicos, perfumes importados ou cosméticos naturais.

Embora cada segmento possua suas características e públicos distintos, todos apresentam aspectos valiosos em comum:

  • são promissores;
  • permitem divisões em nichos ainda mais específicos;
  • contam com consumidores fiéis.

Encontrar um mercado com o qual se identifique e que apresente brechas na concorrência é fundamental para o sucesso no ramo.

8. Turismo

Não há como negar que a internet mudou para sempre a forma como planejamos e reservamos as atividades de viagem.

Hoje em dia, graças a sites e aplicativos especializados, é possível procurar e escolher hotéis, comparar preços de passagens aéreas e até mesmo montar o roteiro de um passeio inteiro sem sair de casa.

Este avanço tem sido especialmente benéfico para o setor de turismo, que se beneficiou com o aumento de consumidores e o acesso instantâneo às informações necessárias para planejar uma viagem.

9.Venda de usados

A venda de produtos usados esteja ganhando cada vez mais popularidade nos e-commerces.

E não são só roupas que entram na lista – eletrônicos, artigos esportivos e até mesmo instrumentos musicais podem ser encontrados por preços muito mais acessíveis se forem adquiridos de segunda mão.

E se você quer empreender nessa área, há duas opções principais: disponibilizar os itens em uma plataforma já existente. Só não se esqueça de que escolher o canal certo pode fazer toda a diferença no sucesso do seu empreendimento!

10.Arte e entretenimento

Livros, DVDs e discos antigos continuam fazendo sucesso entre as pessoas, mesmo com a oferta crescente de plataformas digitais de leitura e música.

Muitas buscam por exemplares originais e produtos físicos desses itens. Mesmo assim, os livros digitais têm sido cada vez mais populares, com preços abaixo do mercado e sem gastos de envio ou embalagem.

Se você está pensando em empreender na web, apostar nesse nicho pode ser uma ideia lucrativa, já que muitos ainda preferem ter os livros físicos em mãos, mas estão dispostos a experimentar essa nova forma de leitura.

Como começar a vender na Internet?

Se você está pensando em vender seus produtos online e busca profissionalização, é hora de criar uma loja virtual.

E para garantir o sucesso do seu negócio, escolher a plataforma de e-commerce certa é imprescindível.

É ela quem vai determinar a qualidade da sua loja virtual e a experiência do cliente ao navegar por ela. Por isso, é uma excelente escolha.

Com mais de 20 anos de mercado, a empresa oferece uma plataforma completa, com integração em mais de 30 marketplaces, opções de pagamento, frete e atendimento ao cliente.

Por que vender produtos na internet?

O e-commerce no Brasil está se mostrando uma poderosa força impulsionadora da economia, gerando empregos e oportunidades para empreendedores.

A expansão do comércio eletrônico também está contribuindo para a inclusão financeira de regiões mais remotas do país, permitindo que pessoas de diversas localidades tenham acesso a produtos e serviços sem sair de casa.

O futuro do e-commerce no Brasil é promissor, com o potencial de se tornar uma das principais fontes de desenvolvimento econômico.

A contínua evolução tecnológica e a mudança de comportamento dos consumidores estão moldando esse cenário, tornando o e-commerce uma parte essencial do varejo brasileiro.

A tendência é que o setor continue crescendo e se adaptando às demandas do mercado, oferecendo uma experiência ainda mais conveniente, segura e personalizada para os consumidores.

Alto potencial de alcance e faturamento

A chegada do comércio eletrônico no mercado brasileiro foi um desafio para muitas empresas. A maioria delas conseguiu se adaptar à dinâmica e forma de comercialização das lojas virtuais.

De acordo com a Associação Brasileira de Comércio Eletrônico (ABComm), o e-commerce deve alcançar a marca de R$ 130 bilhões em faturamento e mais de 100 milhões de consumidores em 2023 no Brasil.

Esse valor expressivo é resultado da confiança que a população mais jovem tem nas transações online.

Com hábitos de compras estabelecidos desde cedo, essa parcela da população tem se mostrado assídua na web. Essa é a hora de se adaptar e conquistar seu espaço no mercado virtual.

Facilidade e segurança na criação da sua loja

O e-commerce no Brasil passa por um momento de crescimento e evolução, impulsionado por profissionais e plataformas cada vez mais especializadas e seguras.

O sucesso desse mercado se deve, em parte, ao bom atendimento ao cliente, ao envio confiável de dados e ao recebimento seguro de produtos.

O melhor de tudo é que as vantagens do e-commerce estão ao alcance dos pequenos e médios empreendedores, graças à democratização proporcionada por plataformas intuitivas e planos gratuitos.

Essa facilidade de acesso estimula a economia e a abertura de novos negócios, tornando o e-commerce uma opção viável e atraente para quem deseja empreender.

 

Como saber se existe interesse de compra por um produto?

Todos sabem como pode ser difícil escolher quais produtos vender em sua loja online. Mas, há uma maneira simples de saber se essa escolha é realmente boa para o seu negócio: usando o Planejador de Palavras-Chave do Google Ads.

Com essa ferramenta, você pode pesquisar as palavras-chave relacionadas a determinado produto e identificar o volume médio de buscas desses termos no Google.

Nem sempre um termo com muito volume significa um bom negócio. Para ajudar a pensar em um diferencial de mercado, o Google Trends é uma ótima recomendação.

Com essa plataforma, você pode medir a tendência de buscas online de um determinado produto em um período pré-estabelecido e avaliar se vale a pena investir nesse diferencial para a sua marca ou não.

Escolha com sabedoria e construa uma loja online de sucesso.

4 dicas para vender online

Se você está pensando em abrir uma loja online, é fundamental conhecer as melhores práticas para ter sucesso nessa empreitada.

Não basta apenas escolher o que vender e colocar seus produtos na internet. Você precisa planejar sua estratégia de marketing, definir seu público-alvo e estar sempre atento às tendências do mercado.

É essencial investir em uma plataforma de e-commerce confiável e fácil de usar, para que seus clientes tenham uma experiência positiva de compra.

Com essas dicas em mente, você estará preparado para enfrentar os desafios do comércio eletrônico e tornar sua loja online um sucesso.

1. Escolha uma plataforma para loja virtual

Se você está procurando uma maneira simples e eficaz de começar a vender pela internet, plataformas de e-commerce podem ser a solução ideal.

Com a facilidade de serviços online, várias plataformas permitem você personalizar e hospedar sua loja online, além de garantir a compatibilidade do seu site em diferentes dispositivos.

A variedade de recursos disponíveis permite que você crie uma loja virtual de acordo com suas necessidades, sem que seja necessário ter conhecimento técnico.

Não perca mais tempo! Experimente uma plataforma de e-commerce e comece a vender pela internet hoje.

2. Determine os meios de pagamento

Se você está planejando vender seus produtos ou serviços pela internet, escolher os meios de pagamento certos pode ser uma das decisões mais importantes que você pode tomar.

Não só é essencial ter várias opções disponíveis para seu público, mas também é importante encontrar as soluções que funcionam melhor para você.

Taxas e custos de transação podem afetar significativamente seus lucros, portanto, analisar cuidadosamente cada opção pode ser a chave para maximizar seus retornos.

Se você quer aumentar suas vendas online, certifique-se de escolher os meios de pagamento corretos para o seu negócio.

3. Defina a logística de seu negócio

A etapa final do seu negócio é crucial para garantir a satisfação do consumidor com a compra realizada.

Para isso, é importante estruturar todos os passos, desde a entrega até o recebimento do produto pelo cliente.

Não há nada mais frustrante para o cliente do que uma entrega atrasada, um produto danificado ou uma falta de organização no processo de finalização da compra.

É por isso que, ao planejar cuidadosamente essa etapa, você pode não só garantir a satisfação do cliente, mas também criar novas oportunidades para que ele volte a comprar de seu negócio.

4. Aproveite datas comemorativas

Se você tem uma loja online, sabe que planejamento é fundamental para o sucesso do seu negócio.

E se você quer vender mais, aproveitar as datas comemorativas é uma excelente estratégia. Além de aumentar as vendas, você pode estreitar os laços com seus clientes, criando promoções temáticas e personalizadas.

Por exemplo, Natal é a época perfeita para oferecer produtos para presentear, enquanto o Dia dos Pais é ideal para produtos masculinos.

Usar a sazonalidade a seu favor é uma forma inteligente de ganhar visibilidade e aumentar sua receita de forma consistente.

Por que trabalhar com revenda é uma boa opção?

A revenda é uma oportunidade de empreender com baixo investimento inicial, contando apenas com sua habilidade de vendas e comunicação com o público.

A possibilidade de iniciar as atividades sem colocar a mão no bolso é uma vantagem que já atrai muitos interessados.

É preciso escolher a parceria certa para obter sucesso com essa modalidade de negócios.

Usar recursos digitais para impulsionar as vendas é uma escolha inteligente, especialmente para quem trabalha com itens não perecíveis e pode negociar pelas redes sociais e realizar entregas para todo o Brasil.

A revenda é uma excelente alternativa para quem busca uma renda extra, mas também pode se transformar em um negócio de sucesso.

Conclusão

Depois de aprender sobre o que vender para ganhar dinheiro e o potencial do comércio eletrônico, fica claro que investir no mundo das vendas on-line não é apenas lucrativo, mas também está em constante crescimento.

Com mais de 700 lojas on-line sendo criadas todos os dias, é fundamental escolher um nicho que tenha potencial de sucesso.

Se você está procurando uma nova atividade secundária ou se deseja expandir um negócio existente aproveitando o mercado digital em constante expansão, o comércio eletrônico é, sem dúvida, o caminho a seguir.

Não espere mais e comece a explorar esses nichos para ver qual deles se encaixa melhor em seus interesses e habilidades.

Pressione ESC para fechar